As questões de contabilidade sempre me pareceram muito aborrecidas. Só preencher o IRS é o suficiente para ter calafrios. Como as coisas mudam todos os anos, ainda me parece pior. Então, respeito – muito respeito – por quem faz disto profissão. Há um ano que decidi contratar um contabilista e não sabem o alívio que me tirou de cima!

Antes de encontrar o meu actual contabilista, tinha uma outra contabilista a trabalhar comigo. Também era contabilista certificada e, na minha inocência, era tudo a mesma coisa. Não sabia o suficiente para ter a noção do que ela não sabia. Andava sempre a correr de um lado para a outro, a correr para as finanças porque os prazos já estavam a terminar e nunca sabia ao certo que documentos precisava.

Até que uma amiga me disse, queres telefonar ao meu contabilista para tirar a dúvida? Perante a possibilidade de ter de pagar coimas altíssimas – nessa altura já começava a desconfiar que alguma coisa não estava certa – aceitei. Ainda bem! Fiquei muito mais tranquila e o contabilista esclareceu todas as minhas dúvidas. Agora, é com base nesta experiência que vos digo o que consideração na contratação de um contabilista.

1. É contabilista certificado? Se têm contabilidade organizada ou uma empresa, é obrigatório ter um contabilista certificado para vos representar. Então, esta é a primeira pergunta que devem fazer. Se estão à procura de um contabilista só para efeitos de IRS, não é obrigatório ser um TOC.

2. Faça perguntas específicas. Quando for contratar um contabilista, é muito importante fazer perguntas sobre a sua situação específica. O contabilista parece confortável a responder às duas dúvidas? Já tem experiência a tratar de casos semelhantes, ou o seu trabalho traz algo novo para cima da mesa?3. Confira o calendário. Durante o primeiro mês, confirme sempre o calendário de obrigações fiscais. O contabilista enviou os recibos de ordenados? Comunicou tudo às finanças e à segurança social? A entrega do IVA foi atempada? Se o contabilista tiver enviado tudo a tempo, passou o teste. Acreditem em mim, não há nada pior do que andar a correr numa repartição de finanças!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s