Natasha Hall

O storytelling consiste em partilhar uma história com o público-alvo, de modo a envolvê-lo numa narrativa e humanizar a marca. Há muito tempo que o storytelling é usado em todo o tipo de campanhas, incluindo na divulgação de eventos. 

Se está a pensar usar storytelling para divulgar o seu evento, comece por:

  • fazer um brainstorming para debater ideias e perceber que história é que pode ser mais apelativa para o seu público-alvo;
  • comparar o que os seus concorrentes estão a fazer, de modo a ter uma história “fresca” que o seu público ainda nunca viu;
  • pesquisar referências de cultura pop para chamar a atenção do seu público-alvo para o seu evento.

Obviamente, tudo isto pressupõe que conhece bem o seu público-alvo. Precisa de saber que tipo de narrativa é mais apelativa, que referências têm e com que tipo de publicações mais interage. 

Depois de debater todas as ideias e escolher uma, precisa de escrever o guião da histórica. É importante usar a mesma linguagem do seu público, tocar num “ponto de dor” (um conflito) e gerar empatia acerca do problema. Finalmente, o desfecho… está no seu evento ou na sua marca. 

Quando definir a história que quer contar para chegar ao seu público-alvo, precisa de decidir onde a divulgar com base nos hábitos do seu público. Em que sites? Em que redes sociais ou blogs? Na televisão? Na rádio? Em que programas? E assim divulga o seu evento com um storytelling diferenciador. E, enquanto se foca na divulgação do evento, entregue a organização do evento a um profissional. Procure uma empresa de organização de eventos no Porto e empresa de organização de eventos em Lisboa.

Advertisement

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s